#13 This Is War – ONU diz que foguete disparado por Gaza é “inaceitável”

Publicado: 26/02/2013 em This is War

PALESTINIANS-ISRAEL-CONFLICT-GAZA-TOLL

A ONU afirmou nesta terça-feira que está “muito preocupada” com o lançamento de um foguete disparado da Faixa de Gaza contra Israel, o primeiro desde a trégua decretada em novembro do ano passado, e disse que é algo “totalmente inaceitável”.

ALeqM5iwfWm3JtmUl_UMMKoOPJHT-EERuw

Isso foi dito em comunicado pelo coordenador especial da ONU para o Oriente Médio, Robert Serry, enquanto o chefe de Assuntos Políticos, Jeffrey Feltman, declarou diante do Conselho de Segurança que isso é uma nova prova do aumento das tensões na região.

O foguete foi disparado na madrugada desta terça-feira em uma zona desabitada da cidade israelense de Ashquelón, cerca de nove quilômetros ao norte da Faixa, sem que causasse vítimas.

Feltman, que classificou como “preocupante” o ocorrido, afirmou diante dos membros do Conselho de Segurança que existe a necessidade de trazer de volta o processo político para salvar a trégua dos dois Estados.

“Sabemos que há forças negativas em ambas partes, incluindo os que lançaram o foguete de Gaza contra Israel, que tentam tirar forças da estagnação e da paralisia”, lamentou o subsecretário-geral para Assuntos Políticos da ONU.

Qassam

O foguete foi disparado na madrugada desta terça-feira em uma zona desabitada da cidade israelense de Ashquelón, cerca de nove quilômetros ao norte da Faixa, sem que causasse vítimas.

Feltman, que classificou como “preocupante” o ocorrido, afirmou diante dos membros do Conselho de Segurança que existe a necessidade de trazer de volta o processo político para salvar a trégua dos dois Estados.

“Sabemos que há forças negativas em ambas partes, incluindo os que lançaram o foguete de Gaza contra Israel, que tentam tirar forças da estagnação e da paralisia”, lamentou o subsecretário-geral para Assuntos Políticos da ONU.

mahmoud-abbas-em-discurso-na-66-assembleia-geral-da-onu-size-598

O diplomata americano destacou que tanto palestinos como israelenses têm a responsabilidade de “marginalizar” essas forças negativas criando as condições necessárias, tudo por um processo negociador bem-sucedido.

Trata-se do primeiro ataque palestino desde que Gaza e Israel estabeleceram em novembro de 2011 um acordo de cessar-fogo com a mediação do Egito, após os confrontos armados da operação militar israelense “Pilar Defensivo”.

Feltman atribuiu também o aumento das tensões no Oriente Médio à situação dos presos palestinos nos centros de detenção israelenses, principalmente após a morte de um preso na semana passada.

Serry já pediu na segunda-feira uma investigação “transparente e independente” após a morte no sábado passado do preso Arafat Yaradat, e quer que os resultados se tornem públicos “o mais rápido possível”.

PALESTINIAN-ISRAEL-CONFLICT-PRISONER-FUNERAL

Yaradat morreu no sábado passado em um centro de detenção israelense e os palestinos atribuem sua morte a maus tratos dos agentes do Shin Bet (serviço secreto), enquanto sua família rejeita a tese israelense de que ele tenha morrido por um infarto.

Sua morte retomou os protestos na Cisjordânia, e eles se juntam aos de quatro presos que fazem greve de fome há meses para protestar pela prisão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s